GIRA – Abre Caminho
Alexandre Vogler

166 visualizações

0 0

ABRE CAMINHO / mostra individual Galeria A Gentil Carioca, 2007

Abre Caminho é um projeto que reúne instalação , pinturas e esculturas cinéticas visando à construção de um espaço composto de elementos geradores de energia.

Os trabalhos fazem uso de materiais usados na cultura afro-brasileira, indígena e oriental como propagadores de energia vital e popularizada como agentes de alívio e descarrego.

Os trabalhos em questão recobram aspectos ancestrais da arte e da cultura, onde os objetos não atendem meramente à apreciação dos sentidos conhecidos, mas carregam uma função definida: Uma experiência de realidade metafísica fundada em procedimentos populares e comprovado pela fé de quem o experimenta. Uma realidade contrária da habitual, até mesmo para a os padrões subjetivos do trabalho de arte.

A instalação “Gira” é composta por três grandes “guarda-chuvas” suspensos, cobertos por centenas de galhos de arruda *. Tais como ventiladores, preso a teto, se movimentam em círculos projetando seu aroma e sua energia por todo local.

Dispostos em três níveis de altura (uma delas permite que se adentre seu interior) as Giras criam cilindros de energia condensada ocupando toda a sala maior da galeria.

Da mesma forma, o termo “Gira” é usado nas religiões Afro-Brasileiras para designar as reuniões em que os orixás encontram-se em atividade.

A série de pinturas Abre Caminho é realizada com ervas de defumação – benjoim, alfazema, alecrim e mirra – e resina sintética, tal qual uma têmpera. Apesar do grande numero de matizes produzidos, todos os defumadores utilizados atendem pela nomenclatura “Defumador Abre Caminho”. Esse defumador dá nome à exposição individual realizada em 2007 na Galeria A Gentil Carioca (RJ), sendo, inclusive, a imagem do convite, apropriada da embalagem de um dos defumadores.

A tinta é aplicada em espessas camadas diretamente sobre a lona crua e todas as pinturas atendem à escala humana, 220 cm x 160 cm.

A exposição traz ainda os objetos cinéticos “Fumacê do descarrego para interiores”. Um conjunto de três pequenas chaminés de alumínio que se movimentam aleatoriamente, exalando, de seu interior, fumaça originada da queima de defumadores dentro da chaminé. Para isso, carros bate-volta são adaptados à escultura defumando o interior onde se encontram. A lógica de deslocamento dos “Fumacês” pauta-se, subjetivamente, por sua finalidade – tal como a noção de atração de pólos opostos.

A instalação Gira foi apresentada ainda nas mostras Capacete (Portikus Frankfurt, Alemanha. 2013), Singularidade-Anotações (Paço Imperial, RJ. 2015) e X Bienal do Mercosul (Porto Alegre. 2015)

* Arruda. Planta aromática e medicinal muito usada em religiões afro-brasileiras

MOSTRAR MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Próximo registro
video
GIRA(instalação) Exibido na Galeria A Gentil Carioca – RJ, 2007
video
GIRA(instalação) Exibido na mostra Singularidade-Anotações, Paço Imperial. RJ, 2015
video
Gira(instalação) Portikus Frankfurt. Exibido na mostra Capacete, Portikus Frankfurt, 2013.
Convite mostra Abre Caminho. Galeria A Gentil Carioca. 2007
Convite mostra Abre Caminho Galeria A Gentil Carioca. 2007
Instalação GIRAArruda e motor. 2007
Instalação GIRA e objeto cinético Fumacê para Interiores. Arruda, aluminio e motor. 2007
Instalação Gira na mostra Capacete Portikus, Frankfurt. 2013
Instalação Gira e Fumacê na mostra Capacete Portikus, Frankfurt. 2013
ABRE CAMINHO 1. defumador e resina sobre tela. 220 x 160 cm. 2007
ABRE CAMINHO 1 defumador e resina sobre tela. 220 x 160 cm. 2007
ABRE CAMINHO 1. defumador e resina sobre tela. 220 x 160 cm. 2007
ABRE CAMINHO 2 defumador e resina sobre tela. 220 x 160 cm. 2007